Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Vou ter que te dizer

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Nenhuma frase ou palavra parece fazer sentir tudo o que sinto por ti.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Quem me dera conseguir fazer-te sentir, nas linhas, o meu arrepiar com o teu olhar.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Queria a palavra correta para exprimir como o teu toque na minha pele que me faz levitar.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. O teu cheiro liberta-me os sentidos e faz-me querer-te abraçar, beijar.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Procuro sinónimos para te fazer sentir o quanto o teu sorriso me faz sentir vivo.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Quero acordar contigo ao meu lado até envelhecer.

Mas no entanto... Escrevo. Apago. Volto a escrever.

Adorava conseguir dizer-te o quanto és perfeita para mim e o quanto me consegues iluminar a alma.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Não consigo explicar o quanto me sinto sortudo por ter-te a meu lado. Mas, mesmo assim, ainda tento.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Gostava que sentisses a magia que um beijo teu pode fazer.

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Procuro o poema perfeito para te escrever.

De que adianta, se nem o sentimento do amor sei entender?

Escrevo. Apago. Volto a escrever. Quero que saibas que te amo muito, mas não o consigo colocar em palavras.

Escrevo. Apago. Volto a escrever.

Já chega! Vou mesmo ter que te dizer.

 

48425184_386970868713247_3584841135605940224_n.jpg