Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Peço-te que fiques...

Não te peço que mudes. Peço que te encontres.

Peço-te que não negues as tuas origens e que as respeites.

Peço-te que te admires e que valorizes. Não te peço que mudes.

Peço-te que permaneças tal como és. Leal, sentimental, lutadora, humana.

Peço-te que te vejas com os meus olhos. Porque és mais do que vês.

Peço-te que não desanimes, porque a Vida é mesmo assim. Feita de altos e baixos.

Peço-te que aceites a mão de quem te quer ver sorrir. Não te arrependas do que fizeste ou deixaste por fazer.

Peço-te que vivas e deixes com que te façam viver. Não te peço que mudes.

Peço que faças o luto desse teu lado que morreu com alguém, mas que um dia se irá recuperar.

Peço-te que chores e que grites sobre tudo o que te incomoda, mas que sorrias por tudo o que te faz feliz.

Peço-te que respires fundo e que acredites em ti, em quem está contigo. A luta deixou de ser só tua, é nossa também.

Peço-te que não mudes.

Peço-te que imagines um amanhã sem dor ou mágoas. Sei que é difícil de o imaginar, mas irá existir.

Peço-te que gratifiques cada pessoa que tu conheces, pois somos pedaços de quem se cruza no nosso caminho.

Não te peço que mudes. Peço-te que converses com as estrelas e dances na Lua.

Peço-te que cantes com a melodia do mar para o Sol no horizonte. Não te peço que mudes.

Peço-te que fiques ao pé de mim. Segura.

Segura de ti.

Tal como és.

 

adult-beanie-buildings-127420.jpg

Foto de: Yuri Catalano