Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

O que somos?

Somos almas cinzentas num mundo cheio de cor.

Somos a esperança de um amanhã melhor.

Somos angustia em cada sufoco.

Somos sorrisos fingidos por detrás de corações carregados de dor.

Somos a solidão de um passado de dissabor.

 

Somos o alento de quem está em nosso redor.

Somos a luta constante para o progresso

Somos uma alma reluzente por entre as trevas.

Somos a palavra em que acreditam. Eu não. Confesso.

 

Somos o espelho de quem se cruza no nosso caminho.

Somos o modelo de quem nos olha.

Somos almas com espinhos no caminho.

Somo fortes para que nada nos demova.

 

Somos frios e tempestuosos como uma tarde de inverno.

Somos calmos e serenos como uma manhã de primavera.

Somos sentimento vendido ao inferno.

Somos fábulas de cavaleiros e princesas.

 

Somos a linha da frente de uma guerra.

Somos carregados de incertezas.

Somos pessoas sem ressentimentos.

Somos más opções, mas quem não erra?

 

Somos frágeis lá no nosso âmago.

Somos resilientes até não mais poder.

Somos o ligeiro afago.

Somos alguém que te quer bem, pode ser?

 

backlit-bright-dawn-697243.jpg

Foto de: Helena Lopes