Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Tu consegues

- Levanta-te! Pensas que é fácil para mim ver-te aí sem chão?

Pensas que não acreditei nesse sonho juntamente contigo? Sim, também me dói. Mas dói muito mais ver-te nesse estado sem nada conseguir fazer.

Não, não vou ficar impotente a assistir. Entende que sou um dos pilares que restaram nesses escombros onde te encontras.

Onde estás? Dá-me um sinal.

É possível reconstruir tudo novamente.

Luta, luta por ti, luta pela tua vida.

Tu consegues.

Acreditei sempre contigo, esta é só mais uma vez. Sou parte da tua história.

Levanta-te, sacode-te.

Estou aqui para te enxaguar essa cara marcada por linhas pretas. As tuas lágrimas são negras.

Vou-te desenhar um enorme sorriso, ajudar-te a apagar este presente já tão passado. Imploro-te. Levanta-te. Tens muito para oferecer, muito para viver.

O mundo deseja-te. Retira o bom da má experiência.

Aprende.

Fortalece-te.

Tenho um amor tão forte por ti que é capaz de fazer frente a todos os teus fantasmas. Acreditas que te posso ajudar a levantar?

- Sim.

- Caraças, então levanta-te.

 

adult-beanie-buildings-127420.jpg

Foto de: Yuri Catalano

1 comentário

Comentar post