Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Quando será a tua vez de brilhar?

Aí estás tu, novamente sem chão.

Lutaste até não ter mais forças para não caíres no mesmo sentimento, a perda.

A angustia é disfarçada pelo teu sorriso lindíssimo mas o teu olhar desmente tudo.

Quando será a tua vez de brilhar? É isso que te atormenta frequentemente.

A desilusão foi tão grande que te esqueceste de ti, perdeste o amor próprio. Chegou a hora de assumires os teus fracassos, perdoar-te e saber perdoar.

Está um dia lindo lá fora, o sol voltou a brilhar para todos, ficas só na sombra se quiseres, és tu quem decide.

Luta por ti, porque mais ninguém o poderá fazer.

Reconquista-te.

Volta a abrir esse caderno e reescreve a história que deixaste inacabada. Tens tanto amor nesse coração destroçado mas não te esqueças que mereces mais, mereceste-te a ti.

Dá-me a tua mão e vamos sorrir.

Que seja o ano da mudança.

Feliz 2018.

 

26235018_10155303234112198_268977023_n.jpg

 

1 comentário

Comentar post