Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Náufrago do destino

Fiquei à deriva num mar turbulento, numa noite tempestuosa. Remo, remo até não ter forças, sempre na esperança que estarás naquele cais aguardando impacientemente a minha chegada. Vejo a tua luz entre estas ondas gigantescas que parecem não ter fim. O vento começa a soprar de forma favorável mas faz frio, tremo. Aqueço o meu coração com memórias de um amor inocente. As minhas mãos sangram e começam a doer, estou numa luta a tentar me guiar por uma corrente favorável, sei que existe, só ainda não a consegui encontrar.

Não tenho medo!

Sei que estás lá para me atracar no teu coração e aquecer com um beijo eterno. Não desesperes, já vejo raios de sol. Não falta muito para esta tempestade terminar. Assim que chegar não me digas nada. Aquece-me só com o calor do teu abraço. Não desistas porque eu não desisti.

received_10210226749173061.jpeg

 

Foto de: Sara S.

2 comentários

Comentar post