Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Diário do "bipolar"

"Diário do amor, em parcelas escritas de lágrimas, silêncios e ânsias. O tempo igual ao de todos, pincelado de saudade e esperança. A luz que surge no caminho. Viver. Cair e levantar. Em cada dia."

Despeço-me de ti

Hoje despeço-me de ti.

Despeço-me de tudo o que nos uniu.

Despeço-me daquelas memórias fantásticas que só eu guardei.

Despeço-me de todas as nossas conversas na escuridão da noite quando o mundo dormia.

Despeço-me dos teus sorrisos, custa-me despedir deles.

Despeço-me dos sonhos que tínhamos em conjunto que nunca chegamos a concluir.

Despeço-me do teu abraço há muito não sentido, ainda lhe sinto o calor.

Despeço-me da impotência de te ver partir sem nada conseguir fazer.

Despeço-me da nossa amizade cúmplice, dos carinhos perdidos no tempo, do amor que ficou reduzido a nada.

Despeço-me das palavras que ficaram por dizer por falta de coragem.

 Despeço-me de todas as vezes em que me anulei só para te ver feliz.

Despeço-me do sentimento que carrego dentro de mim.

Numa noite tão igual a outras onde éramos felizes.

Hoje despeço-me de ti. 

 

pexels-photo-155643.jpeg